MENU

NEWS

Não morrerei, mas hei-de viver, para anunciar as obras do Senhor

Partilha de um Sacerdote

 

Encontro neste versículo do Salmo 117 a melhor forma de descrever o que me tem sido dado viver, desde 2018, no contacto com o Padre Alberto Galassi, e todos os demais Servos e Servas do Coração Imaculado de Maria, presentes em Fátima.

Em 2015, com 25 anos de idade, terminada a formação no Seminário, e após a Ordenação Sacerdotal, fui nomeado Pároco de duas Paróquias. Precisamente nesta primeira etapa da minha vida sacerdotal e pastoral, diversos motivos fizeram com que ficasse sem Diretor Espiritual, bem como, sem qualquer outro apoio verdadeiramente capaz de responder às necessidades de acompanhamento e orientação de que precisava.

A falta de experiência pastoral e as dificuldades inerentes à missão que me era confiada, em conjunto com uma vida espiritual pouco cultivada e as fortes contra-correntes do mundo, tiveram como consequência inevitável o rápido desgaste de todas as minhas forças e o levantamento de dúvidas acerca do sentido da minha vida e da minha vocação.

Em síntese, os meus primeiros anos de Sacerdócio foram de dolorosa crise.

Faço este relato, pois, na verdade, creio que muitos Sacerdotes têm uma experiência semelhante: fé débil; formação sacerdotal deficiente; subnutrição espiritual devastadora; contra-correntes agressivas; crise violenta…

Todavia, Deus e a Mãe Santíssima vieram em meu auxílio.

Num determinado dia de 2017 ou 2018 (não me recordo exactamente da data), dirigi-me aos Confessionários do Santuário de Fátima para me confessar. Sem conhecer o Sacerdote em causa, fui encaminhado para o Confessionário onde se encontrava o Padre Alberto. As suas palavras foram tão breves quanto inquestionáveis: «Tu vais perder o teu Sacerdócio! Se continuares assim, vais perder o teu Sacerdócio!».

A partir daquele bendito dia, a minha vida começou a mudar.

Passei a confessar-me com o Padre Alberto, e ele tornou-se o meu Diretor Espiritual.

Algum tempo depois, o Padre Alberto propôs-me participar num Retiro para Sacerdotes, orientado por si, na Quaresma de 2019, na Casa dos Servos, sobre as Aparições de Fátima. Participámos neste Retiro apenas um Sacerdote meu amigo e eu.
A este Retiro de 2019 seguiram-se já mais três, igualmente orientados pelo Padre Alberto: dois Retiros sobre a Santa Missa, em 2020; e, nesta Quaresma de 2021, um Retiro sobre a vida oculta de Jesus de Nazaré.

O número de Sacerdotes participantes nestes Retiros tem aumentado gradualmente.

Para além dos referidos Retiros de Quaresma para Sacerdotes, desde Outubro de 2020, o Padre Alberto tem orientado, mensalmente, um Retiro de um dia, destinado aos Sacerdotes que têm participado nos Retiros de Quaresma, e a todo o Sacerdote que deseje participar.

A ideia destes Retiros mensais nasceu da carência espiritual sentida, na generalidade, por todos os Sacerdotes que têm participado nos Retiros de Quaresma orientados pelo Padre Alberto. De facto, estes Retiros mensais não foram sugeridos pelo Padre Alberto. Pelo contrário, foram um pedido por nós endereçado ao Padre Alberto, o qual tem merecido a sua máxima dedicação.

Habitualmente, os Retiros têm início com o jantar de Domingo, em conjunto com a comunidade dos Servos, seguido de um filme sobre a vida de um Santo. Na Segunda-feira de manhã, depois das Laudes e do pequeno-almoço, há uma intervenção do Padre Alberto, um tempo de meditação, a Santa Missa, e o Terço. Depois do almoço, faz-se uma partilha sobre o Retiro, e conclui-se com um tempo de adoração, até meio da tarde.

Em suma, estes Retiros mensais são um tempo de oração e adoração, de escuta e celebração, e de algum descanso, encontro e de riquíssimo contacto entre nós, Sacerdotes diocesanos, e a comunidade religiosa dos Servos e das Servas do Coração Imaculado de Maria.

De facto, indubitavelmente, em todo este percurso, o Padre Alberto tem sido um preciosíssimo instrumento de Deus, nunca suficientemente agradecido. E assim o tem sido num trabalho conjunto com a comunidade dos Servos e das Servas, aos quais imensa gratidão é também devida. A hospitalidade de todos, a fraternidade sacerdotal com os Servos, e solícita amizade e dedicação das Servas são dons muito especiais de Deus, que espero poder continuar a receber.

Agora, agradeço a Deus por me ter salvado da morte!
Agora, bendigo o Coração Imaculado de Maria Santíssima!
Agora, «Não morrerei, mas hei-de viver, para anunciar as obras do Senhor»!

Pe. Alfredo Plácido

Em destaque

GUARDA AS DATAS!!!!
Atividades ICMS Verão 2022

Uma DOAÇÃO sem FIM
Tornar-se Mãe

CALENDÁRIO EVENTOS

Próximos eventos

ADORAÇÃO EUCARISTICA QUINTA-FEIRA
Rezamos pelas vocações sacerdotais e religiosas

CATEQUESE FCIM FÁTIMA
O Catecismo da Igreja Católica explicado pelos Servos e Servas do Coração Imaculado de Maria

Retiro Jovens
Vem e vê!!!

FAÇA SUA DOAÇÃO AGORA

Com uma pequena doação você poderá reacender a esperança de homens, mulheres e crianças no Brasil e também na Itália.

Dona alla fondazione

A revista “Maria di Fatima”
A revista oficial da Família do Coração Imaculado de Maria

JÁ SUA ASSINATURA |

NEWSLETTER

A newsletter é um instrumento para permanecer sempre em contato conosco e para ficar sempre atualizados sobre as principais atividades da Família do Coração Imaculado de Maria. Fazendo sua inscrição você receberá gratuitamente notícias, links e artigos.

5x1000 Fondazione Antognozzi
destina il tuo
5 x mille
con una firma
FONDAZIONE ANTOGNOZZI
976 041 401 58
ci aiuterai a sostenere le attività della
Famiglia del Cuore Immacolato di Maria
Grazie!
cinque per mille

DOSES DE ESPIRITUALIDADE