MENU

Percurso para a entrega ao Coração Imaculado de Maria

Percurso para a entrega ao Coração Imaculado de Maria

Os fiéis leigos que, sentindo-se atraídos para conhecer e viver o Carisma da Família do Coração Imaculado de Maria, seguem um caminho formativo com vista ao ato de consagração ao Coração Imaculado de Maria. O programa formativo terá como fim um conhecimento mais profundo (teológico e espiritual) da pessoa e da obra da Virgem Maria e da espiritualidade e missão específica na Igreja do Movimento Família do Coração Imaculado de Maria.

Ao terminar este percurso formativo, depois ter feito um discernimento juntamente ao referente religioso da Obra, prevê-se o ato de Consagração ao Coração Imaculado de Maria. Mais do que um simples ato devocional e de entrega a Nossa Senhora (como em tantos outros caminhos propostos neste sentido na Igreja), na Família do Coração Imaculado de Maria, este ato conduz os leigos a uma entrada nesta família, passando a pertencer, a partir desse momento, ao Movimento.


Programa do curso

  1. Introdução

    1. Apresentação do curso
      1. Apresentação índice dos encontros e dos argumentos.
      2. A nossa vocação “no Movimento”: o curso aponta para o conhecimento do movimento FCIM para perceber se efetivamente somos chamados a fazer parte do mesmo.
    2. A resposta a uma chamada segundo um duplo discernimento (autoridade-sujeito)
    3. O que é um Movimento Eclesial e quais são para a FCIM as cinco caraterísticas de um Movimento Eclesial

      As 5 caraterísticas:

      1. carisma de fundação (diferença com os carismas pessoais),
      2. um fundador,
      3. uma estrutura aberta na qual podem aderir todas as vocações presentes na Igreja, predominantemente a laical,
      4. a presença de um itinerário de fé e de testemunho cristão,
      5. o reconhecimento da autoridade eclesial.
    4. Os conceitos de Movimento e Carisma: como um Movimento consegue plasmar formas particulares e concretas de santidade e apostolado.
    5. A FCIM: diferença entre grupo de oração e um Movimento eclesial.
  2. A Virgem Maria na História da Salvação

    1. Apresentação da História da Salvação do Pecado de Adão até Cristo
      1. O Proto-Evangelho Gn 3,15.
      2. A apresentação das prefigurações do Antigo Testamento de Maria SS.ma até Cristo
    2. A salvação passa através do sim de Maria
  3. Os Privilégios Marianos

    1. A Bem-aventurada Virgem Maria através da apresentação dos quatro privilégios marianos:
      1. Maternidade divina
      2. Virgindade
      3. Imaculada Conceição
      4. Assunção
    2. Mencionar a existência de conceitos como Maria Corredentora…
  4. A espiritualidade de Fátima

    1. História e espiritualidade de Fátima:
      1. os factos, as personagens, o contexto histórico, o elenco das aparições (do Anjo e de Nossa Senhora)
      2. Descrição sintética da espiritualidade de Fátima.
      3. O Iº Sábado do mês: história, significado e prática.
    2. Visão da primeira parte do filme “Nos caminhos de Maria”
  1. O nascimento, a história e a vida do Movimento

    1. Um esclarecimento: diferença entre carisma do Fundador e espiritualidade de Fátima.
    2. O Fundador não teve imediatamente claro todo o projeto de Deus. Na vida do nosso Fundador podemos encontrar múltiplas intervenções de Deus que têm por fim encaminhá-lo gradualmente na linha daquela espiritualidade que será depois caraterística da Família do Coração Imaculado de Maria. A importância da figura da Mãe.
    3. 8 intervenções de Deus:
      1. INFÂNCIA:

        1° intervenção de Deus: o espírito de reparação (Riparota)

      2. PRIMEIROS ANOS DE VIDA RELIGIOSA:

        2° intervenção de Deus: a chamada a um instituto religioso mariano (OMV)

        3° intervenção de Deus: A espiritualidade de Fátima (a estatueta oferecida)

      3. PRIMEIRO PERÍODO EM ROMA (1955-1960):

        4° intervenção de Deus: nasce o movimento leigo da Pia Congregação

        5° intervenção de Deus: a chamada a fundar um Instituto de Irmãs (voz na capela de S. José)

      4. OS ANOS EM S. VITORINO ROMANO (1960-1988):

        6° intervenção de Deus: a chamada a fundar um Instituto de Irmãs e outro de Padres (sonho misterioso S. Vitorino)

        7° intervenção de Deus: a chamada a fundar uma única realidade eclesial composta de leigos, religiosos e religiosas (Monte Carmelo)

      5. OS ANOS DEPOIS DE 1988:

        8° Intervenção de Deus: o regulamento dos leigos (Pancole)

    4. A segunda parte do filme “Nos caminhos de Maria”
  2. A Consagração ao Coração Imaculado de Maria

    1. A história da Consagração ao Coração Imaculado de Maria desde os Padres da Igreja até hoje.
    2. O que é a Consagração ao Coração Imaculado de Maria
    3. Que significa Consagrar: votar, votar-se, consagrar, etc.
    4. Algumas distinções: consagração sacramental, constitutiva, declarativa
    5. Oferta total de si mesmo
    6. A verdadeira devoção à Virgem
    7. Porquê a Consagração
    8. Efeitos da Consagração
    9. Frutos da Consagração
  1. A Reparação

    1. Devoção ou prática cristã?
    2. Terminologia
    3. Reparar: o exemplo de Jesus
    4. Desde Jesus até nós
    5. Sinais históricos (até Fátima)
    6. Fátima e a reparação
      1. A reparação nas Aparições do Anjo;
      2. A reparação nas Aparições de Nossa Senhora;
      3. Pontevedra;
      4. Os primeiros 5 sábados do mês.
    7. A reparação nos Pastorinhos
    8. A reparação na FCIM: exemplos práticos do Fundador
    9. A reparação é apostólica

    PS Entrega do ESTATUTO DA FCIM para o explicar e comentar no encontro seguinte.

  2. A Família do Coração Imaculado de Maria

    1. O Estatuto da FCIM: apresentação e explicação.
    2. O Regulamento dos leigos: apresentação e explicação.
    3. Os Diretores do ICMS.
    4. Os graus de pertença à FCIM.
      1. Dos Servos e das Servas
      2. Dos Leigos
      3. Dos Sacerdotes e diáconos das Dioceses
    5. As Obras da FCIM: apresentação das Obras existentes (trata-se da apresentação até ao momento atual da FCIM nas várias sedes e nas várias expressões. É evidente que este ponto deveria ser atualizado todos os anos).

    PS Entrega do REGULAMENTO no fim deste encontro, depois de ter sido apresentado.

  1. Vida de família e compromissos do consagrado

    1. A espiritualidade de comunhão. A comunhão entre os membros da FCIM
    2. Caridade e comunhão, ciúmes e invejas.
    3. As atitudes que constroem a comunhão. As virtudes que se devem viver na FCIM: acolhimento, confiança, atenção, diálogo, sinceridade, amizade, fraternidade
    4. As atitudes que destroem a comunhão.
    5. O cristão perante a capacidade/incapacidade de perdoar.
    6. O cancro do respeito humano.
    7. As obrigações do consagrado:
      1. Levar uma regular vida cristã (REG 55).
      2. Professar leal e plenamente as verdades de fé, estar unido ao Santo Padre e mostrar docilidade ao Magistério da Igreja.
      3. Empenhar-se numa regular e frutuosa vida sacramental.
      4. Conhecer, amar, imitar Maria Santíssima.
      5. Ter a intenção de conhecer e viver o Carisma da Associação e a história e espiritualidade de Fátima.
      6. Obrigação de participar nos compromissos formativos do Movimento:
        1. Catequeses;
        2. Retiros;
        3. Congresso Regional;
        4. Congresso Geral;
        5. Momentos de fraternidade
      7. Comprometer-se a viver a oração diária. Estilo e tipo de oração
        1. O estilo de oração:
          • Entrando na Igreja: genuflexão, comunhão espiritual e oração do Anjo
          • Como se está na Igreja: preparação (chegar adiantado) para se recolher, silêncio (explicar que não se fala na Igreja, mas lá fora), participação na liturgia (responder, ajoelhar-se, cantar… nos vários momentos), modo de receber a comunhão (na língua), ação de graças no fim da Santa Missa, …
        2. A oração pessoal do Leigo da FCIM:
          • Orações da manhã e da noite,
          • Terço diário.
          • O primeiro sábado do mês.
          • Os 12 e 13 dom mês desde maio até outubro.
        3. A confissão:
          • Preparação (exame de consciência) e
          • Frequência periódica (ao menos mensalmente).
          • Diferença entre confissão e direção espiritual.
  1. Apostolado e finalidades gerais do Movimento

    1. O apostolado não é coisa de padres e freiras.
    2. Missão do leigo (finalidade)
    3. O proprium do fiel leigo é a índole secular.
    4. Ser fermento, onde e como.
    5. As missões ao povo e as Peregrinatio Mariae.
    6. A corresponsabilidade e empenhamento ativo na FCIM.
    7. A importância da formação.
    8. Docilidade e obediência aos superiores.
    9. Motivos que levam à cessação da pertença à FCIM.
    10. A Fundação Antognozzi
    11. O Maria de Fátima
  2. Dia de Retiro Espiritual

    1. Meditação
    2. Adoração Eucarística
    3. Ensaios litúrgicos da celebração da consagração
    4. Disponibilidade para as confissões
    5. Recolha e verificação dos dados pessoais
    6. Missa

Em destaque

IV DOMINGO DE PÁSCOA - 21 de Abril 2024 - ANO B
"O Bom Pastor dá a vida pelas suas ovelhas"

Tocar nas vestes de Jesus (segunda parte)
10. O caminho proposto aos jovens FCIM

FRATERNIDADE
Eis como é belo que os irmãos vivam juntos!

As Obras avançam
Ajuda-nos a realizar esta Obra

CALENDÁRIO EVENTOS

Próximos eventos

CATEQUESE FCIM FÁTIMA
O Catecismo da Igreja Católica explicado pelos Servos e Servas do Coração Imaculado de Maria

RETIRO DAS RAPARIGAS
Continuamos a nossa caminhada de fé

FAÇA SUA DOAÇÃO AGORA

Com uma pequena doação poderá ajudar-nos a construir a nova Igreja da FCIM dedicada a Nossa Senhora e a São José em Fátima

Dona alla fondazione

A revista “Maria di Fatima”
A revista oficial da Família do Coração Imaculado de Maria

JÁ SUA ASSINATURA |

NEWSLETTER

A newsletter é um instrumento para permanecer sempre em contato conosco e para ficar sempre atualizados sobre as principais atividades da Família do Coração Imaculado de Maria. Fazendo sua inscrição você receberá gratuitamente notícias, links e artigos.

5x1000 Fondazione Antognozzi
LA FONDAZIONE ANTOGNOZZI
sostiene il progetto della nuova
Opera FCIM a Fatima
Costruiamola insieme!!!
www.fondazioneantognozzi.it
Grazie!
Nuova Opera FCIM a Fatima

DOSES DE ESPIRITUALIDADE

Nostro Signore si occupa di ciascuna anima con tanto amore, quasi fosse la sola ad esistere. (Santa Teresa di Gesù Bambino)